sexta-feira, 2 de março de 2012

Treze de Novembro de Dois Mil e Onze

Aline,
Eu me lembro de quando tu me disse que planejava em fazer uma festa... me lembro também de quando você disse que iria fazer a tal festa, nesse tempo ainda ta longe, mais você me contava algumas coisas que já seriam indispensáveis.
Quando não faltava mais aquela eternidade, você já começou a planejar tudo, desde as dançarinas até as velas, me lembro também que muitas pessoas julgaram muito mesmo antes de saberem sobre algo, mais isso não te desanimou, você continuou com a cabeça erguida.
Eu me lembro de quando você me disse que queria desistir, pois muitas coisas te deixavam pra baixo, mais graças a Deus você continuou como sempre, como um arranha-céu não é ? =]
E quanto a primeiro prova do vestido, depois de procurar em vários lugares nós encontramos uma tia super simpática né ? kkkkkkkkkkkkkkkkkk
Com toda sua grosseria, ela pelos menos entregou todos os vestidos, deixando até o tio João nervoso *-*
Convites, ensaios, flores, salão, buffet, vestidos ... foi uma dor de cabeça muito grande pra você, eu sei

Enfim, em meio a tantos momentos, risadas infinitas, lágrimas, quedas e provas, chegou o bendito dia *u*
Foi um dia corrido, para cada uma dançarina, que enfrentou muitas coisas para estarem lá, com você, passaram por cima de problemas, doenças e negações, mais estavam lá, lindas, loiras e com o olho vermelho, 

Oque eu quero te dizer ninis, é que com todos os problemas que surgiram, não nos desanimou, não nos enfraqueceu, pelo contrário, cada palavra que tu disse pra cada uma de nós, fez com que valesse a pena, e com toda a certeza do mundo, todas enfrentariam as mesmas coisas novamente, por você.  

pic.twitter.com/d2Kvm0RB

Nenhum comentário:

Postar um comentário